Marina apresenta novas exigências para apoiar Aécio

Um dia depois de adiar o anúncio de sua posição neste segundo turno, a ex-senadora Marina Silva volta a demarcar exigências para apoiar Aécio Neves, do PSDB

Depois de adiar o anúncio de sua posição sobre o apoio no segundo turno e de seu partido, o Rede Sustentabilidade, divulgar carta liberando os militantes, a ex-senadora Marina Silva (PSB) - terceira colocada nas pesquisas de intenções de voto da corrida presidencial - voltou a fazer exigências para divulgar seu apoio ao senador Aécio Neves (PSDB). Entre as principais exigências, destaca o jornal Folha de S. Paulo está o compromisso do tucano em abandonar a proposta de redução da maioridade penal, encampada principalmente por seu vice, Aloysio Nunes Ferreira (PSDB) autor de uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que está tramitando no Senado Federal determinando a redução da maioridade penal para 16 anos.

Outra exigência é a ampliação de propostas para a área social, além da garantia de debate sobre a reforma agrária, a demarcação das terras indígenas e uma política climática diferente da que está sendo colocada em curso, com destaque para energias renováveis. As exigências da ex-senadora foram formalizadas em um documento que desde a tarde desta quinta feira  está nas mãos do candidato do PSDB e foi elaborado pelos coordenadores do Rede, Pedro Ivo e Walter Feldman.

Leia a íntegra do texto no site do jornal.

Mais sobre eleições 2014

Assine a Revista Congresso em Foco


Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!