Manifestantes pedalam ate 30 quilômetros para participar de atos em Brasília

Ao todo, aproximadamente 25 mil pessoas participaram dos protestos contra a corrupção e contra a presidenta Dilma na capital federal, conforme informações da Polícia Militar do Distrito Federal

Wilson Lima/Congresso em Foco
Em Brasília, uma característica das manifestações deste domingo foi a grande participação de ciclistas. Houve alguns que pedalaram até 30 quilômetros, para participar dos atos na capital federal. Esse foi o caso do funcionário público André Silva, morador da cidade satélite de Ceilândia Norte, localizada a 30 quilômetros da capital federal. Com uma bandeira do Brasil nas costas, ele recebia o apoio de vários motoristas no translado entre Ceilândia e Brasília. “Chega de tanta corrupção, tanta injustiça e tanta exploração”, disse Silva.

Ele estava acompanhado do amigo, também funcionário público, Renê Lira. Mas Lira mora na cidade Satélite da cidade de Águas Claras, distante 25 quilômetros de Brasília. “Estou protestando contra algumas decisões erradas que tomamos em conjunto. Mas agora não dá mais. Estamos nos mobilizando para tentar mudar alguma coisa”, afirmou Lira.

Ao todo, aproximadamente 25 mil pessoas participaram dos protestos contra a corrupção e contra a presidente Dilma Rousseff na capital federal, conforme informações da Polícia Militar do Distrito Federal. Os organizadores dos protestos afirmam que a concentração chega a 40 mil pessoas. Os manifestantes se concentraram em frente à Esplanada dos Ministérios e seguiram em frente ao Congresso Nacional.

As mobilizações começaram por volta das 9h30 e terminaram aproximadamente às 12hs. Duas pessoas foram detidas nas manifestações no DF. Um morador de rua que estava tentando tumultuar os protestos e uma outra pessoa que tentou entrar nos protestos com um facão.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!