A radiografia dos candidatos a prefeito no segundo turno

São apenas seis mulheres e dois negros entre os 114 candidatos. PSDB é legenda com mais nomes na disputa, seguido por PMDB e PSB. PT perde posições e figura em 5º lugar no número de aspirantes às prefeituras

 

 

Dos 114 prefeitos que concorrem ao segundo turno das eleições 2016, a ser realizado em 30 de outubro, 92 (81%) se autodeclararam brancos, 108 (95%) são homens, 31 ocupam cargos de deputados federais ou estaduais, um senador e 17 tentam a reeleição. A idade média dos candidatos é de 40 a 44 anos e o partido que tem mais concorrentes é o PSDB, com 19 nomes. Em segundo lugar aparece o PMDB, que vai concorrer com 15 representantes às prefeituras, seguido do PSB, com 10 nomes na disputa.

O PT, que neste ano perdeu seis de cada 10 votos conquistados em 2012, aparece em 5º lugar no levantamento produzido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com apenas sete nomes na disputa do segundo turno.

O PSDB foi o que recebeu o maior número de votos no primeiro turno, alcançando um resultado 25,1% maior que em 2012. Quando a análise é feita nas prefeituras conquistadas, o número cresce 15,30% na comparação deste pleito com aquele realizado em 2012. Apenas com o resultado da disputa do dia 2 deste mês, a legenda será responsável por administrar o maior volume de recursos municipais, cerca de R$ 136,2 bilhões, em 2017. O valor ainda pode aumentar caso novas candidaturas da sigla vençam as respectivas disputas.

Minorias

Mesmo com todas as campanhas para aumentar o número de mulheres na política brasileira, apenas seis representantes do gênero vão concorrer às prefeituras no segundo turno. Isso corresponde a 5% do total de candidatos.

Outro índice que chama a atenção são os únicos dois postulantes que se declararam negros: 2%. Os candidatos declarados pardos são 20, e correspondem a 18% dos que pretendem conquistar o cargo de prefeito.

Entre os mais velhos estão Iris Rezende Machado (PMDB-GO), de Goiânia, e Humberto Guimarães Souto (PPS-MG), de Montes Claros, ambos com 82 anos. O mais novo, o deputado federal Aliel Machado Bark (Rede-PR), de Ponta Grossa, tem 27 anos.

Veja nos gráficos mais detalhes sobre o segundo turno das eleições municipais:

 

 

 

Mais sobre Eleições 2016

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!