Mabel nega responsabilidade e diz que pedirá novo laudo

Para o deputado, o laudo atesta o que ele sempre afirmara quanto à falsificação de suas assinaturas

Para o deputado Sandro Mabel (PMDB-GO), não há sentido em se acreditar que seja realmente sua a assinatura em uma das alterações salariais do pasteleiro Severino Lourenço dos Santos Neto quando em todas as outras ocasiões a assinatura era falsa. “Por que uma apenas seria verdadeira?”, questiona ele.

 

O deputado disse que pedirá novo exame grafotécnico sobre essa única assinatura.

Leia a íntegra da nota

“Diferente do que o Congresso em Foco afirma, não existe uma assinatura falsa e uma verdadeira. O laudo comparou 84 assinaturas em 84 diferentes documentos, e apurou que 83 eram falsas e em apenas uma havia indícios de que “partiram do punho do fornecedor do referido material gráfico”. Se as 84 eram falsas, porque uma apenas seria verdadeira?

Portanto ficou atestado que 99% das assinaturas examinadas pelo exame grafotécnico eram falsas, incluindo a que nomeou o Pasteleiro Severino.

Ou seja, foi comprovado o que sempre afirmamos; que as assinaturas eram falsas.

Estamos pedindo um novo laudo em cima desta única assinatura no universo de 84.

O Deputado Sandro Mabel, como sempre tem dito, reafirma sua confiança na verdade.

Deputado Federal Sandro Mabel”

PF: Mabel assinou variação salarial de fantasma

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!