Lula procura FHC para conter impeachment de Dilma

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, amigos Lula e FHC discutiram a possibilidade de um encontro entre os ex-presidentes. Intenção petista é conter pressões dentro do PSDB pelo impeachment da presidente Dilma

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) procurou, por meio de emissários, o antecessor, Fernando Henrique Cardoso (PSDB) para pedir que o tucano contenha as pressões da sigla pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). A informação é do jornal Folha de S. Paulo.

Segundo a Folha, amigos tanto de Lula, quanto de FHC, discutiram a possibilidade de um encontro entre os ex-presidentes. Lula estaria disposto a conversar por telefone sobre o tema mas o tucano, conforme a reportagem, preferiu que o assunto fosse discutido pessoalmente.

“Não foi o primeiro aceno de Lula à oposição. Em maio, ele encontrou o senador José Serra (PSDB-SP) na festa de um amigo comum e disse que gostaria de marcar uma conversa reservada. Lula derrotou Serra na eleição de 2002”, ressalta a Folha nesta quinta-feira (23).

Ainda pelas informações da Folha, apenas as pessoas mais próximas a Lula estão sendo informadas sobre estas conversas e a intenção do petista é buscar um conciliador no PSDB para tentar conter as forças em favor do impeachment da presidente, principalmente a ala controlada pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG).

Apesar das informações da Folha, o Instituto Lula negou que o ex-presidente tenha interesse em conversar com FHC sobre o tema. Já o tucano disse ao jornal que FHC “não precisa de intermediários”. “Se desejar discutir objetivamente temas como a reforma política, sabe que estou disposto a contribuir democraticamente. Basta haver uma agenda clara e de conhecimento público.", apontou.

 

Confira a matéria na íntegra

Mais sobre impeachment

Continuar lendo