Lula: “O PT vai surpreender nessa eleição”

O ex-presidente votou em São Bernardo do Campo no final da manhã. Lula disse não acreditar que a Operação Lava Jato influencie no resultado das urnas: "Tem muita gente mais preocupada com a lavagem da rua dele do que com a operação lava jato", disse

Mesmo após o impeachment de Dilma Rousseff e com o avanço das investigações da Operação Lava Jato, o ex-presidente Lula disse acreditar que o PT "vai surpreender nessa eleição".

"Eu acho que o PT vai surpreender nessa eleição, obviamente que perder ou ganhar uma eleição faz parte do jogo. O jogo da eleição não é um jogo que define a história de um partido, define o momento da eleição", disse Lula aos jornalistas, após deixar seu colégio eleitoral por volta das 11h40 em São Bernardo do Campo. "Eu acho que o PT sairá forte dessa eleição", reforçou.

O ex-presidente criticou o que classificou como ataques pessoais da Lava Jato, com o objetivo de fragilizar o partido. "Se enganam aqueles que pensam que podem acabar com o PT atacando uma personalidade", disse Lula. "Nós estamos enfrentando uma verdadeira guerra, outro dia eu disse que a operação da Polícia Federal era uma operação boca de urna, ou seja, porque no fundo no fundo o pessoal poderia ter um pouco mais de bom senso", acrescentou. Lula disse ainda que a denúncia apresentada contra ele pelos procuradores da força-tarefa é "pífia".

O petista avalia que a Lava Jato não influenciará no resultado dessas eleições. "Não acredito porque tem muita gente muito mais preocupada com a lavagem da rua dele, com a lavagem da escola em que os filhos estudam, com a limpeza dos hospitais, do que com a operação lava jato", afirmou.

Lula defendeu a candidatura de Fernando Haddad e comparou o candidato tucano João Dória com o senador Fernando Collor. "Se São Paulo correr o risco de jogar fora a possibilidade de reeleger o Haddad para colocar um aventureiro... um aventureiro que não se sabe nada da vida dele, que é uma coisa que surge do nada, como surgiu o Collor em 89", avaliou o petista. "São Paulo não merece isso", concluiu.

Mais sobre Eleições 2016

Mais sobre Operação Lava Jato

Mais sobre Lula

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!