Lula irá ao Senado ajudar na defesa de Dilma, afirma líder do PT

Senadores petistas esperam presença do ex-presidente já no domingo em Brasília. "Fortalecerá nossa defesa", comemorou o líder do PT no Senado, Humberto Costa

Parlamentares da base de Dilma já preparam o terreno para a ida do ex-presidente Lula ao Plenário do Senado, na próxima segunda-feira (29), durante o depoimento da presidente afastada no julgamento final do impeachment. A presença do cacique petista sequer havia sido cogitada para a etapa final do impeachment.

"Ele quer acompanhar de perto o depoimento dela", afirmou ao Congresso em Foco o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE). "Talvez ele chegue em Brasília já no domingo, se for necessário", afirmou o petista. "Fortalecerá nossa defesa", concluiu.

Ainda sem ter a confirmação da presença do ex-presidente, o advogado de Dilma, José Eduardo Cardozo também afirmou à reportagem do Congresso em Foco que a "importância de Lula é indiscutível".

Na sessão destinada à oitiva de Dilma, a presidente afastada terá 30 minutos para apresentar sua defesa e responderá aos questionamentos dos senadores. Ela se reunirá com a bancada de aliados no domingo e fará uma preparação intensiva para enfrentar as perguntas.

Leia aqui os detalhes e curiosidades sobre a reta final do impeachment.

Mais sobre o impeachment

Mais sobre Legislativo em crise

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!