Estamos mudando o site. Participe enviando seus comentários por aqui.

Luciana Genro manda Danilo Gentili estudar mais

Questionada sobre experiências do comunismo em países como China, Cuba e Coreia do Norte, candidata do Psol recomendou ao apresentador que se aprofundasse nos escritos de Marx. “Isso não é comunismo, Danilo! Se tu estudasses um pouco mais ia conhecer o assunto”

A candidata do Psol à presidência da República, Luciana Genro, travou um debate com o apresentador do SBT, Danilo Gentili, sobre as experiências de comunismo e socialismo.  Convidada dessa segunda-feira (15) do programa The Noite, comandado pelo humorista, a ex-deputada recomendou ao ex-integrante do CQC que estudasse mais sobre o assunto antes de emitir suas opiniões. Rapidamente, a discussão ganhou as redes sociais, com provocações ao apresentador.

“Você disse que não se viu ainda o socialismo ser colocado em prática embora China, Cuba, Camboja, Coréia do Norte, todos esses lugares horríveis estavam ali seguindo Marx”, disse Danilo Gentili. Luciana Genro imediatamente rebateu. “Não, não estavam. Não estavam seguindo Marx. Coitado do Marx. Ele se vira na tumba a cada vez que seu nome é falado”, respondeu.

Danilo Gentili seguiu com a provocação. “Que homem horrível para se comunicar então! Pessoal sempre interpreta ele errado, hein?” Nesse momento, a candidata do Psol demonstrou certa ironia e irritação. “E o capitalismo, tu acha que acertou? Só acha que sim porque tu estás numa situação privilegiada. Se tu estivesse hoje na ocupação Anchieta, em que estive hoje, tu ia achar que o capitalismo fracassou também”, disparou.

“Mas se fosse no socialismo eles não estariam morando no barraco, estariam sendo fuzilados nos barracos”, complementou o apresentador. “Isso não é comunismo, Danilo! Se tu estudasses um pouco mais ia conhecer o assunto”, retrucou Luciana, deixando o humorista desconcertado. “Eu acho que em nenhum lugar do mundo nós temos um modelo de sociedade a seguir. Nós precisamos construir o nosso próprio modelo com democracia e com liberdade”, disse a ex-deputada, que também respondeu perguntas de integrantes da banda Ultraje a Rigor presentes ao estúdio. Veja a entrevista:

Mais sobre eleições 2014

Assine a Revista Congresso em Foco

Continuar lendo