Leia a carta de desfiliação de Demóstenes do DEM

Em ofício dirigido ao presidente da legenda, José Agripino, senador goiano reclama de "prejulgamento público" feito pelo partido e diz que não se desviou "reiteradamente" do programa partidário

"Senhor presidente:

Sirvo-me do presente para acusar o recebimento do expediente a mim enviado por Vossa Excelência na noite de ontem, dando-me conta de ter o Democratas decidido em relação à minha conduta que: "houve desvio reiterado do programa partidário, principalmente no que diz respeito à ética, na medida que exsurge, do que veiculado, estreita relação de Vossa Excelência com o citado contraventor. É inevitável a instalação do pertinente processo ético e disciplinar para o fim de promover a aplicação da sanção prevista no Estatuto, qual seja, a expulsão do partido". Assim, embora discordando frontalmente da afirmação de que eu tenha me desviado reiteradamente do programa partidário, mas diante do prejulgamento público que o partido fez, comunico minha desfiliação do Democratas, nos termos tratados pelo artigo 1o, parágrafo 1o, inciso III, última figura, da Resolução n° 22.610, de 25 de outubro de 2007.

Atenciosamente,

Senador Demóstenes Torres"

Leia ainda:

Pressionado e isolado, Demóstenes deixa o DEM

Novas gravações agravam situação de Demóstenes

Demóstenes para Cachoeira: “Se você quiser votar, tudo bem, vou atrás”

DEM abre processo de expulsão de Demóstenes

Psol pressiona pressiona Conselho de Ética sobre caso Demóstenes

Acuado, Demóstenes deixa a liderança do DEM

Saiba mais sobre o Congresso em Foco

Continuar lendo