Lava Jato: PGR pede arquivamento de inquérito contra Anastasia

Para procurador-geral da República, não se justifica a continuidade das investigações contra o senador mineiro, o único tucano entre os investigados no Supremo por suspeita de envolvimento com o petrolão

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) o arquivamento do inquérito que apura o envolvimento do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) no esquema de corrupção desvendado pela Operação Lava Jato. Janot concluiu que não há elementos suficientes para a continuidade das apurações.

Esse é o primeiro pedido de arquivamento feito pelo procurador-geral em relação aos casos da Lava Jato. O caso só será arquivado após despacho do relator, ministro Teori Zavascki. Pelas regras seguidas pelo Supremo, porém, os ministros são obrigados a acolher os pareceres da PGR que pedem a extinção de inquéritos, já que tal iniciativa é da competência privativa do Ministério Público.

Único tucano investigado pela Lava Jato no STF, o ex-governador era suspeito de ter recebido R$ 1 milhão do esquema de corrupção na Petrobras. O policial federal Jayme Alves Filho, que atuava como emissário do doleiro Alberto Youssef, diz ter repassado a quantia a uma pessoa muito parecida com o hoje senador em uma residência em Belo Horizonte. Na época, Anastasia era vice-governador e candidato ao governo de Minas Gerais.

Youssef nega ter repassado dinheiro ao tucano. A defesa do parlamentar pediu ao STF o arquivamento da investigação (Inquérito 3963), por “absoluta imprestabilidade, total ineficácia probante e induvidosa precariedade” do depoimento do policial.

Por determinação do juiz federal Sérgio Moro, que conduz as investigações da operação na Justiça Federal, Jayme foi afastado das funções de policial federal em novembro do ano passado. Segundo os investigadores, ele prestava serviços ao doleiro na entrega de remessas de dinheiro. O policial federal é réu em uma das ações penais da operação e não fez acordo de delação premiada.

Mais sobre processos contra políticos

Mais sobre a Operação Lava Jato

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!