Lava Jato investiga relação de Banco Safra com Youssef

O banco renegociou dívida de R$ 10,4 milhões de empresa de turismo do doleiro, acusado de comandar os esquemas de corrupção da Petrobras. Por aceitar realizar a operação, pode ter cometido crime contra o sistema financeiro nacional

A força-tarefa da Lava Jato investiga se o Banco Safra comete crime financeiro ao renegociar dívidas da empresa Marsans, cujo dono é o doleiro Alberto Youssef, acusado de comandar o esquema de corrupção na Petrobras. A operação teria movimentado cerca de R$ 10,4 milhões. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Segundo o Ministério Público Federal, ao aceitar o negócio suspeito, além de cometer crime contra o sistema financeiro nacional, o banco colaborou com a lavagem de dinheiro operada pelo doleiro e ainda evitou que os desvios de recursos da estatal fossem descobertos mais cedo.

A Marnsans foi adquirida por Youssef em 2011, por meio de sua empresa de investimento GFD. À época da compra, a empresa de turismo já possuía dívida milionária com o banco. O doleiro, então, ofereceu como garantia de renegociação da dívida o hotel Porto Príncipe, em Porto Seguro (BA), adquirido por R$ 6 milhões pela GFD. O banco aceitou a negociação e acordou que o débito da Marsans seria quitado com 61 parcelas.

Para os investigadores da Polícia Federal, o Safra foi negligente na operação ao aceitar quantia pouco maior que a metade da dívida da empresa como garantia. “Pois bem, essa conduta de efetuar operação financeira com pessoa de notório alto risco pessoal, admitindo o oferecimento de garantias de cerca de 50% do valor da operação de mútuo, em tese, constitui gestão temerária (senão fraudulenta) de instituição financeira”, diz documento da Lava Jato que requer a investigação do banco.

O documento ainda frisa que, quando o empréstimo foi negociado, Youssef já havia sido condenado, em 2005, por seu envolvimento no caso do Banestado.

Confira na íntegra reportagem do O Estado de S. Paulo

Mais informações sobre Operação Lava Jato

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!