Lactantes, pessoas com câncer ou em tratamento de hemodiálise terão prioridade em filas no DF

O benefício vale para filas em comércios, postos de serviços públicos e privados e instituições financeiras

Desde segunda-feira (26), pacientes com câncer ou em tratamento de hemodiálise já podem ser atendidos em filas de atendimentos prioritários, antes destinadas apenas a idosos, pessoas com deficiência, gestantes, pessoas com obesidade grave ou mórbida ou mães com crianças de colo. A medida foi publicada no Diário Oficial do DF e passa a valer imediatamente.

O benefício vale para filas em comércios, postos de serviços públicos e privados e instituições financeiras. Para o secretário adjunto de Assuntos Legislativos da Casa Civil, Relações Institucionais e Sociais, José Flávio de Oliveira, a mudança é justa. “Essas pessoas saem (das sessões de tratamento) muito debilitadas”, afirmou.

As mães que amamentam, antes, poderiam ser enquadradas no critério de pessoas com crianças de colo. No entanto, agora, o texto deixa esse item mais claro. O atendimento prioritário para pessoas com neoplasia maligna (câncer) foi acrescentado no texto pelo governo local. As demais alterações foram propostas pelos deputados Juarezão (PSB) e Sandra Faraj (SD).

 

Com informações da Agência Brasília

Mais sobre Brasília

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!