Kátia Abreu, Barbosa e Cardozo farão a defesa de Dilma na comissão

Os três ministros e um representante do Banco do Brasil vão compor a banca de defesa da presidente Dilma na próxima sexta-feira, na comissão do impeachment. Autores do pedido, Reale Junior e Janaína Paschoal vão ao Senado nesta quinta

Os ministros Nelson Barbosa (Fazenda), Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, comparecerão à Comissão Especial do Impeachment na sexta-feira (29) para defender a presidente Dilma Rousseff. Os requerimentos foram aprovados hoje (27) pelo colegiado. Além dos três ministros, um representante do Banco do Brasil também participará da banca de defesa da presidente.

Amanhã (quinta, 28) serão ouvidos dois dos três autores do pedido do impeachment, os juristas Miguel Reale Junior e Janaina Paschoal. Defesa e acusação terão duas horas de exposição inicial, depois haverá espaço para questionamentos por parte dos senadores. Os dias 2 e 3 de maio foram reservados para receber especialistas e técnicos contra e a favor do impeachment. Para a próxima segunda-feira, os senadores oposicionistas convidaram o procurador Júlio Marcelo de Oliveira, do Ministério Público do Tribunal de Contas; Carlos Veloso, ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, e José Maurício Conti, professor do Departamento de Direito Econômico, Financeiro e Tributário da USP.

No dia 3, a convite de senadores da base aliada, comparecerão à comissão Geraldo Luiz Mascarenhas Prado, professor de Direito Processual Penal da UFRJ; Ricardo Lodi Ribeiro, professor adjunto e diretor da Faculdade de Direito da UERJ, e Marcello Lavenère, ex-presidente do Conselho Federal da OAB.

A reunião desta quarta-feira da comissão foi destinada à análise de requerimentos. Ontem (26) os senadores Raimundo Lira (PMDB-PB) e Antonio Anastasia (PSDB-MG) foram eleitos, respectivamente, presidente e relator. De acordo com o calendário de atividades aprovado, o relatório será votado pelo colegiado no próximo dia 6.

Veja o calendário de atividades e convidados:

28/04, 16h - Denunciantes comparecerão para apresentar seus argumentos: Janaina Paschoal e Miguel Reale Jr.

29/04, 9h - Defesa da presidente Dilma Rousseff: José Eduardo Cardozo, Nelson Barbosa, Kátia Abreu e um representante do Banco do Brasil

02/05, 10h30 - Manifestação de especialistas convidados por denunciantes: Júlio Marcelo de Oliveira, procurador do Ministério Público do Tribunal de Contas; Carlos Veloso, ex-ministro do Supremo Tribunal Federal e José Maurício Conti, professor do Departamento de Direito Econômico, Financeiro e Tributário da USP

03/05 - Manifestação de especialistas convidados pela defesa: Geraldo Luiz Mascarenhas Prado, professor de Direito Processual Penal da UFRJ; Ricardo Lodi Ribeiro, professor adjunto e diretor da Faculdade de Direito da UERJ e Marcello Lavenère, ex-presidente do Conselho Federal da OAB.

04/05 - Apresentação e leitura do relatório

05/05 - Manifestação da defesa e discussão do relatório

06/05 - Votação do relatório

Mais sobre impeachment

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!