Justiça Federal anula eleição da OAB em Vila Velha

Para juiz, três fatos graves justificam a anulação da eleição na principal subseção da Ordem no Espírito Santo. Nova disputa deve ocorrer em março

A Justiça Federal no Espírito Santo anulou a eleição de 2012 na subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-ES) em Vila Velha, a principal do estado. O juiz federal Roberto Gil Leal Faria acolheu parcialmente os argumentos da ação do candidato Gustavo Bassini, derrotado pelo adversário Ricardo Ferreira Holzmeister em novembro de 2012.

O juiz identificou pelo menos três fatos graves que justificam a anulação da eleição: falta de rubricas nas células de votação, urna eleitoral vulnerável à violação e mudança nas regras da disputa de última hora. Na avaliação dele, apenas uma dessas irregularidades já seria suficiente para anular o pleito. As novas eleições devem ocorrer dentro do prazo de 45 dias, a contar do dia 7 de janeiro de 2014, portanto, em março.

Leia a íntegra da reportagem no site Século Diário

Outros textos sobre advogados

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!