Júlio Semeghini (PSDB-SP)

O que há sobre o parlamentar no STF

No inquérito 3619, fez um acordo com a acusação porque não incluiu a contratação de cinco cabos eleitorais em sua prestação de contas. O deputado, que ocupa a Secretaria Estadual de Planejamento de São Paulo, diz que, devido ao grande número de pessoas contratadas para sua campanha (mais de 200), houve um equívoco na declaração à Justiça eleitoral. Semeghini afirma que fez um acordo para pagar cestas básicas a uma instituição de tratamento de viciados em drogas de Brasília durante dois anos. “Não fui absolvido nem condenado. Não serei considerado ficha suja, por isso concordei”, declara. O acordo, porém, ainda não foi ho­mologado pelo STF.

Veja a lista com todos os parlamentares com pendências

Apoie o jornalismo independente e de qualidade:

Faça uma assinatura convencional ou digital da Revista Congresso em Foco!

 

Mais sobre processos

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!