Jovair promete acabar com “manobras” na presidência da Câmara

Em vídeo enviado aos 512 colegas, líder do PTB anuncia sua candidatura à presidência da Câmara e promete, se eleito, acabar com “as manobras que submetem a Casa do povo às conveniências de alguns”

Em vídeo enviado aos 512 colegas, o deputado Jovair Arantes (PTB-GO) anuncia sua candidatura à presidência da Câmara e promete, se eleito, acabar com “as manobras que submetem a Casa do povo às conveniências de alguns”. Na mensagem, o parlamentar ressalta que o cargo não permite “casuísmos” e que os deputados “precisam ser respeitados como seguidores de regras e defensores da legalidade”.

Mesmo sem citar nomes, a o recado de Jovair é uma crítica ao atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que concorre à reeleição e tem a sua candidatura questionada no Supremo Tribunal Federal por concorrentes que consideram a sua recondução ao posto inconstitucional. “É hora de resgatar a normalidade. Porém, sem sustos e sobressaltos. Precisamos proteger a democracia”, disse o líder do PTB.

No vídeo com pouco mais de um minuto, Jovair usa expressões como resgatar o respeito da Câmara junto à sociedade brasileira e coragem para fazer mudanças na gestão da Casa. O parlamentar promete uma Câmara com independência. Líder do PTB, partido com 17 deputados, Jovair é um dos mais severos críticos da nova candidatura de Rodrigo Maia. Cita artigos da Constituição que impedem a recondução do ocupante desse posto na mesma legislatura e considera essa tentativa uma manobra.

A candidatura de Jovair surgiu como representante do Centrão, grupo formado por 12 legendas médias e criado durante a campanha do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) ao posto. Mas, desde o final do ano passado, o petebista preferiu se afastar desse carimbo para tentar desvincular sua campanha do grupo de Cunha. Além de Jovair e Rodrigo Maia, também concorrem à presidente da Câmara os deputados André Figueiredo (PDT-CE) e Rogério Rosso (PSD-DF). O deputado Julio Delgado (PSB-MG) também estuda concorrer, mas a maioria da bancada do PSB apoia a reeleição de Maia.

Mais sobre Jovair Arantes

Continuar lendo