Josué Bengtson (PTB-PA)

O que há sobre o parlamentar no STF

Réu na ação penal 695 (corrupção ativa e passiva, peculato e lavagem de dinheiro), suspeito de envolvimento com a máfia dos sanguessugas. Pelo esquema, parlamentares recebiam propina em troca de direcionar emendas para empresas da família Vedoin. Bengtson é acusado de receber R$ 55 mil do grupo. Outros R$ 39 mil foram parar em conta da igreja da qual ele era pastor, segundo a denúncia. Na ação penal 702, é acusado de formação de quadrilha, corrupção passiva, peculato, lavagem e crimes da Lei de Licitações.

Veja a lista com todos os parlamentares com pendências

Apoie o jornalismo independente e de qualidade:

Faça uma assinatura convencional ou digital da Revista Congresso em Foco!

 

Mais sobre processos

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!