Jornais: “lei mais dura leva 70 vândalos para presídios”

Presos em protesto são enquadrados por crime organizado, que é inafiançável.

O GLOBO

Crime e castigo: lei mais dura leva 70 vândalos para presídios

Setenta dos 190 presos nas manifestações violentas da noite de terça-feira no Centro foram indiciados na nova lei do crime organizado, que prevê pena de até oito anos de prisão. Os acusados foram levados para presídios em Bangu e São Gonçalo, já que o crime é inafiançável. Apesar da ação da PM, que mobilizou 1.500 homens no cerco aos black blocs, o maior efetivo já empregado desde o início dos protestos, os vândalos deixaram muita destruição. No fim dos protestos, tiros de arma de fogo foram disparados, mas a polícia ainda tenta identificar os autores.

Jair Seixas: Baiano volta à cadeia

Músico conhecido como Baiano ou Maconhão é figura fácil em atos violentos. Em julho, foi preso por danificar carro da polícia no Leblon.

Elisa de Quadros: Sininho do barulho

De aparência frágil, produtora de cinema conhecida como Sininho lidera o acampamento Ocupa Câmara, há dois meses na Cinelândia, e defende anarquistas.

Rodrigo Azoubel: Engajado e baleado

Jovem baleado nos braços durante a manifestação de terça-feira coleciona participações em protestos e defende ações de vândalos.

Professores: cai liminar contra plano de cargos

O Tribunal de Justiça do Rio cassou a liminar que impedia a implantação do plano de cargos e salários dos professores da rede municipal. O aumento de 8% já será pago em novembro.

Enquanto isso: Em São Paulo, polícia autua apenas um

Das 60 pessoas detidas nas manifestações violentas em São Paulo, só uma foi autuada, e, ainda assim, por porte de maconha.

Petroleiros entram em greve, e leilão terá Força Nacional

Ancelmo Gois: Ana de Hollanda discorda do irmão

Ex-ministra da Cultura é contra a proibição de biografias: “Afinal, sou filha de historiador."

No limite: Votação no Senado deixa EUA longe do calote

O Senado americano aprovou ontem, por 81 votos a 18, medida que amplia o teto da dívida e dá autonomia ao governo Obama para fazer pagamentos, pondo fim ao apagão administrativo que durava 16 dias. O texto ainda seguiria para a Câmara, onde deverá ser aprovado. Com isso, os EUA escapam de calote histórico.

Ralo para verba pública: Farra de municípios deverá voltar

O Senado aprovou projeto de lei que dá às Assembleias Legislativas o poder de criar municípios — o total pode chegar a 410. Desde 1996, a criação dependia de lei federal. O projeto vai a sanção.

Certidão polêmica: Mães poderão registrar filhos

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou ontem projeto polêmico que permite às mulheres registrar os filhos com o nome do pai, mesmo sem consentimento dele.

Sucessão no Rio: PT tenta segurar PMDB e Garotinho

O presidente do PT, Rui Falcão, tenta impedir, em conversa hoje com o governador Sérgio Cabral, que o PMDB do Rio rompa com Dilma. E já pediu também apoio ao deputado Garotinho e seu PR.

 

FOLHA DE S. PAULO

Congresso dos EUA fecha acordo e evita calote da dívida

Republicanos cedem, e plano permite reabertura de parte do governo, paralisado desde o início do mês

Justiça manda prefeitura voltar a fazer inspeção veicular em SP

Após a prefeitura anunciar a suspensão da inspeção veicular, a Justiça ordenou a volta da fiscalização. Segundo juiz, o serviço é "essencial à saúde" dos paulistanos

Vinicius Torres Freire

Resultado melhor no emprego mal disfarça ano ruim

SP libera 60 detidos em protesto sem indiciar ninguém

Nenhum dos 60 detidos no protesto de anteontem em São Paulo será indiciado. Segundo o boletim de ocorrência, os policiais não conseguiram identificar os autores de atos de vandalismo

Vereadores dão aval a parto humanizado na rede municipal

A Câmara de São Paulo aprovou proposta que cria o parto humanizado na rede municipal. O texto agora seguirá para sanção do prefeito Fernando Haddad (PT)

Mais Médicos é aprovado, e governo poderá dar registros

O Congresso aprovou o programa Mais Médicos, bandeira eleitoral de Dilma, criado para enviar profissionais da saúde a regiões periféricas

Coreógrafo com paralisia cerebral pinta com o corpo em espetáculo

O bailarino e coreógrafo Marcos Abranches em ensaio aberto de 'Corpo sobre Tela', baseado na obra de Francis Bacon

 

O ESTADO DE S. PAULO

Aécio diz que tem "melhores condições’ de derrotar PT

Pré-candidato à Presidência da República e no comando do PSDB, o senador Aécio Neves (MG) reuniu ontem a bancada do partido na Câmara para construir um discurso que coloque os tucanos como real alternativa ao PT nas eleições de 2014. Pressionado pelo cenário eleitoral que desenha uma disputa pela vaga no segundo turno com a chapa de Eduardo Campos e Marina Silva, Aécio disse não concordar que governadores e candidatos tucanos façam campanha para os adversários em eventuais palanques duplos. Para ele, as circunstâncias regionais não devem contaminar o objetivo nacional de encerrar o ciclo do PT. Em um almoço com 44 dos 46 deputados federais tucanos, Aécio disse que o PSDB precisa explorar suas experiências no governo federal, nos Estados e nas prefeituras e apresentar propostas de um novo modelo de política econômica que gere mais crescimento.

PSB mantém cargos

Quase um mês após romper com o governo, o PSB ainda mantém cargos federais estratégicos, com alto potencial eleitoral e responsáveis pela gestão de milhões de reais.

Republicanos aceitam acordo para evitar calote nos EUA

O Partido Republicano capitulou e aceitou ontem o acordo que afasta o risco de default dos EUA e permite a reabertura do governo. A saída é de curto prazo e deverá colocar os temas em disputa de novo na agenda política em 2014. A Câmara dos Representantes começou a votar o texto à noite, após ele ser aprovado no Senado, onde os democratas têm maioria.

Do caos no Rio para a prisão

Detidos nos tumultos de terça-feira no Rio são levados ao IML e a presídios. Dos 190 detidos, 84 continuam presos e 27 foram autuados pela nova Lei de Crime Organizado, que é inafiançável. Ela equipara quadrilhas envolvidas em crimes comuns a organizações terroristas.

Arminio diz que Dilma repete modelo de Geisel

O ex-presidente do BC Arminio Fraga disse ao Broadcast que o governo repete modelo de Ernesto Geisel, com foco nas estatais e economia fechada. Ele vê “certa tensão no ar” causada pelo modelo de flexibilização da política econômica que vem sendo seguido desde o segundo mandato de Lula. O índice de atividade econômica do BC (IBC-Br) subiu 0,08% em agosto.

Debate: A polêmica das biografias

TV estadão. Deputado Newton Lima (PT-SP), autor do projeto de lei para mudar a atual Lei das Biografias, Marco Antonio Campos, advogado do cantor Roberto Carlos, e Edmundo Leite, biógrafo de Raul Seixas e jornalista do Estado, discutiram o tema.

Escritor desmente Chico

Autor de Roberto Carios em Detalhes, Paulo César Araújo mostrou fotos e gravações com Chico Buarque, que disse não ter sido entrevistado.

Fóruns Estadão: Brasil competitivo: A nova era do comércio

As regras estão mudando, acertos bilaterais avançam e País não pode ficar fora dos mega-acordos, dizem especialistas.

Haddad recua sobre reajuste do IPTU em SP

Quinze dias após anunciar reajuste de até 45% no IPTU para 2014, a Prefeitura recuou e reduzirá em 10 pontos os aumentos previstos de 30% para residências e 45% para o comércio.

Restos de Jango serão exumados dia 13

A exumação dos restos mor­tais do ex-presidente João Goulart sepultado em São Borja no interior gaúcho foi marcada para o dia 13 de no­vembro após reunião ontem entre representantes do go­verno brasileiro e peritos. Goulart, deposto em 1964 por militares que instalariam uma ditadura de 20 anos no Brasil, morreu em 1976 vítima de um ataque cardíaco. Fami­liares suspeitam, porém, que ele tenha sido envenenado. "Estamos em plenas condi­ções de realizar este procedi­mento em busca da verdade do que ocorreu com o presidente João Goulart em 1976. Estamos preparados para o processo de exumação", afirmou a ministra da Secretaria de Direitos Huma­nos, Maria do Rosário.

Irã decide permitir inspeções em usinas

Tufão no sul do Japão deixa 17 mortos

Esportes: Dirigentes terão uma só reeleição

Sancionada pela presidente Dilma Rousseff, lei diz que instituições só poderão receber recursos federais “caso seu dirigente máximo tenha mandato de até quatro anos, permitida uma única recondução”.

 

CORREIO BRAZILIENSE

Superplano da Geap já nasce sob suspeita

As promotoras de justiça Rosana Carvalho e Cátia Gisele Martins Vergara questionam o convênio unificado que deu origem à Geap Autogestão em Saúde. Segundo elas, para que a nova operadora entrasse no mercado, o processo de elaboração do estatuto da fundação teria de passar pelo crivo do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios.

Rosana explica que o registro em cartório só pode ser feito após a apreciação do documento pelo MPDFT. “Como uma nova entidade foi criada sem o nosso acompanhamento, há indícios de irregularidade”, diz Cátia. O Ministério do Planejamento não se pronunciou sobre as suspeitas levantadas pelas promotoras.

Fale mais e voe

Justiça confirma que crédito pré-pago para celular tem validade indeterminada e garante dois assentos por voo a deficientes de baixa renda.

Cuide do futuro

Supremo nega pedido e mantém em 10 anos o prazo máximo para que aposentados e pensionistas do INSS peçam revisão do benefício.

Estude o preço

Escolas terão de abrir planilhas aos pais para justificar reajuste das mensalidades. Apesar da inflação em torno de 6%, há alta de até 21%.

Nova chance para Obama

Acordo provisório suspende paralisação do governo, evita calote que poderia provocar nova crise mundial e dá mais prazo à Casa Branca para negociar com oposição. Fim do impasse levou bolsas a encerrarem o dia em alta.

Minha casa, minha vida, meu tablet...

Em decisão já contaminada pelas eleições de 2014, o governo inclui forno micro-ondas, móveis de cozinha, estante, racke até tablet na lista de produtos que podem ser comprados pelos beneficiados do programa Minha Casa Melhor.

Poder da mãe reconhecido

Senado aprova projeto que autoriza mãe a registrar filho mesmo se pai estiver ausente ou não assumir criança.

Polícia se arma de pen drives

PM do DF gasta R$ 120 mil na compra de 6 mil pen drives em forma de viatura e com o logotipo da corporação.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!