Joe Biden convida Temer para visitar Washington

Vice-presidente dos Estados Unidos foi um dos personagens citados por Temer na carta enviada à presidente Dilma no início do mês

O vice-presidente, Michel Temer em breve visitará o vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden - citado na famigerada carta enviada à presidente Dilma no início do mês de dezembro. Segundo informações da colunista Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo, o Itamaraty já estaria providenciando o encontro em Washington, a convite de Biden.

Na carta enviada à Dilma, Temer reclamou que não foi convidado a participar de uma reunião com o vice norte-americano quando este veio prestigiar a posse da presidente, no início do ano. "Recordo, ainda, que a senhora, na posse, manteve reunião de duas horas com o Vice Presidente Joe Biden – com quem construí boa amizade – sem convidar-me, o que gerou em seus assessores a pergunta: o que é que houve que, numa reunião com o Vice-Presidente dos Estados Unidos, o do Brasil não se faz presente? ", escreveu Temer. "Antes, no episódio da ‘espionagem’ americana, quando as conversar começaram a ser retomadas, a senhora mandava o Ministro da Justiça, para conversar com o Vice Presidente dos Estados Unidos. Tudo isso tem significado absoluta falta de confiança", completou.

Na carta, o peemedebista elencou o fato como um dos 11 episódios em que se sentiu menosprezado por Dilma. Além disso, Temer reclama que perdeu todo o “protagonismo político” nos quatro primeiros anos de mandato em que atuou como “vice decorativo”.

Veja a íntegra da coluna na Folha de São Paulo

Mais sobre Michel Temer

Mais sobre crise na base

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!