“Copa das Copas não aconteceu”, diz PSDB

Instituto de formação política dos tucanos afirma que êxito do Mundial se deve ao que ocorreu nos gramados e à hospitalidade dos brasileiros e que estádios vão se tornar elefantes brancos graças à "megalomania" dos petistas

O PSDB divulgou, nesta segunda-feira (14), um texto do Instituto Teotônio Vilela (ITV) que diz que “a Copa das Copas não aconteceu” e que "agora o governo petista quer dar um jeito de virar a página do Mundial, decretando seu sucesso absoluto na mesma velocidade com que a presidenta da República Dilma Rousseff (PT) entregou a taça ao capitão Philipp Lahm (da seleção da Alemanha, vencedora da competição)". O instituto é um órgão de estudos e formação política do PSDB.

Na avaliação do ITV, o sucesso do Mundial se deve principalmente ao que "ocorreu dentro das quatro linhas dos gramados". Para os tucanos, "o governo petista agora quer afastar do futebol vencedor nossos bons jogadores, com sua proposta de criar barreiras para impedir a exportação de talentos para o exterior". Dilma tem dito que o Brasil conseguiu realizar a "Copa das Copas" e se manifestou contra a exportação de craques brasileiros.

Em balanço, Dilma diz que Brasil derrotou "previsões pessimistas"

O instituto criticou a construção dos estádios, que, segundo a nota, “estão fadados a se tornar uma manada de elefantes brancos em virtude da megalomania exibida pelos petistas na organização da Copa”.

Os tucanos atribuem os bons resultados na organização do torneio, na realização das partidas e nos eventos paralelos “ao esforço de milhares de brasileiros, à simpatia e hospitalidade de outros tantos e à participação de diversas esferas de governo espalhadas em 12 cidades-sede”.

“O Brasil foi escolhido em outubro de 2007 para sediar o torneio. Em quase sete anos, teve todas as condições de transformar a oportunidade de abrigar uma Copa num motor de realizações, numa usina de produção de benefícios duradouros para a população brasileira. Os resultados não passam nem perto disso. Os balanços da Copa devem se basear no cotejo entre aquilo que o governo se comprometeu a fazer e o que efetivamente fez até o torneio”, diz o ITV. (leia a íntegra do texto dos tucanos).

Mais sobre Copa do Mundo

Assine a Revista Congresso em Foco em versão digital ou impressa

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!