Insatisfação com políticos não justifica desinteresse pela política, defende Ciclo de Gestão

 

Com objetivo de mostrar que nem todos os políticos são iguais, além de valorizar aqueles que apresentam boa atuação parlamentar, o Prêmio Congresso em Foco 2017, em sua décima edição, chega à reta final com a solenidade de premiação a ser realizada no Espaço Unique, em Brasília, na próxima quinta-feira (19). Serão premiados os congressistas mais bem avaliados por internautas, jornalistas e, em uma das novidades desta edição histórica, um júri especializado.

<< No ar, edição histórica do Prêmio Congresso em Foco

<< Definido o júri do Prêmio Congresso em Foco

Para o Ciclo de Gestão, entidade composta por cinco associações representativas de carreiras do Poder Executivo (veja a composição abaixo), o projeto resgata a percepção sobre os bons políticos. Apesar da grave crise política e econômica que assola o país, as entidades defendem que a sociedade não deixe com que o descontentamento com a política e seus atuais artífices leve ao desinteresse pelo Parlamento.

“A gente não pode viver sem a política, mas a gente pode viver sem a maior parte dos atuais políticos. Para isso, a gente precisa saber quais são as maças boas do cesto e quais são as maças podres. A informação é a chave de tudo”, defende o presidente da Associação Nacional dos Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental (Anesp), Alex Canuto, um dos representantes das cinco carreiras que compõe o Ciclo de Gestão.

Nesse contexto de descrédito político, Canuto qualificou o Prêmio Congresso em Foco como uma forma de mostrar para a sociedade que existem bons parlamentares e, de certa forma, separá-los dos ruins. “Premiar os melhores parlamentares do ano, principalmente quando a votação é aberta na internet, ainda que não tenha amostragem cientifica, mas em uma votação em que todas as pessoas possam participar, é muito importante para que a gente identifique os melhores parlamentares e possa diferencia-los dos parlamentares ruins”, ressaltou Canuto.

Prêmio Congresso em Foco tem entre seus propósitos separar “os bons dos maus políticos” com assento na Câmara e no Senado, além de estimular a sociedade a acompanhar seus representantes de modo ativo e participar plenamente da vida política. De acordo com Canuto, as entidades acreditam na proposta do Congresso em Foco, bem como na importância de haver uma interlocução das entidades representativas de carreiras de estado com o parlamento. “É importante que a gente não fique isolado no Poder Executivo e que participe também da vida legislativa”, ponderou.

As carreiras do Ciclo de Gestão do Poder Executivo Federal são responsáveis por atividades necessárias à gestão e avaliação de políticas públicas direcionadas à promoção do desenvolvimento nacional e à melhora do acesso a serviços públicos. Juntas, as carreiras do Ciclo de Gestão somam um quantitativo de aproximadamente 2.521 servidores.

O representante do Ciclo de Gestão ressaltou a importância de a sociedade acompanhar a atuação dos parlamentares buscando fontes originais, em sites da própria Câmara e Senado, bem como observar discursos, proposições e projetos de lei apresentados pelos congressistas. “Hoje em dia você tem muito fake news por aí e não dá nem para confiar em qualquer notícia propagada”, ponderou.

Revelação dos vencedores

A cerimônia de premiação dos congressistas, na qual será revelado os parlamentares melhores avaliados pelo público, será realizada no dia 19 de outubro. O troféu é cobiçado por cerca de 370 parlamentares federais que estão na disputa. Até o último dia 21, quando foi divulgada a última parcial da votação prevista pelo regulamento, mais de 800 mil votos haviam sido distribuídos entre os congressistas aptos a participar da disputa.

<< Décima edição do Prêmio Congresso em Foco terá novo troféu

O regulamento deste ano prevê três formas de seleção: a votação pela internet, por jornalistas que cobrem o Congresso e por um júri altamente qualificado com representantes da sociedade civil. Assim como nos anos anteriores, estão excluídos da disputa os políticos que respondem a inquéritos e ações penais no Supremo Tribunal Federal (STF). A consulta pública foi aberta entre o período de 1º a 30 de setembro deste ano.

Composição do Ciclo de Gestão

As entidades que compõe o Ciclo de Gestão são: Associação dos Analistas de Comércio Exterior (AACE); Associação Nacional dos Servidores da Carreira de Planejamento e Orçamento (Assecor); Associação Nacional dos Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental (Anesp); Associação dos Funcionários do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Afipea); e o Sindicato Nacional dos Analistas e Técnicos de Finanças e Controle (Unacon).

O Prêmio Congresso em Foco teve o patrocínio e apoio da AmbevAnabbGoverno de Mato GrossoUberAPCFAnffa SindicalSinprofazAnfipAnadefAMBCiclo de GestãoFebrafiteAbrigOAB-DFSindicato dos Jornalistas

<< Outras informações sobre o prêmio << Veja a última parcial, com os votos validados até 20 de setembro

 

Patrocínio:


Apoio:

 

Apoio Institucional:

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!