Ideli nega ter pedido ajuda a Pagot em doação eleitoral

Em nota, ministra das Relações Institucionais diz que só esteve no Dnit para tratar de andamento de obras em Santa Catarina quando era senadora

A ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, afirmou em nota oficial que jamais recorreu ao ex-diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) Luiz Antônio Pagot para angariar recursos para sua campanha ao governo de Santa Catarina em 2010. De acordo com a assessoria de Ideli, na condição de senadora e de coordenadora do Fórum Parlamentar Catarinense, ela esteve no Dnit diversas vezes, sempre para reuniões a respeito do andamento de obras no estado.

Em depoimento na CPI do Cachoeira nesta terça-feira (28), Pagot afirmou que a ministra o procurou para que indicasse empresas que pudessem apoiar a sua candidatura, mas ele se recusou a ajudá-la. Na época, Ideli era senadora. “Ela disse: sou candidata e preciso que me indique empresas para buscar recursos. Ela não me pediu para fazer arrecadação. Então eu disse para ela: eu não posso, não devo e não vou fazer isso. [...] Com certeza ela ficou injuriada naquele momento”, afirmou o ex-diretor do Dnit.

Pagot disse também que foi procurado pelo então tesoureiro da campanha da presidenta Dilma Rousseff, o hoje deputado José de Filippi Júnior (PT-SP), para buscar empresas com contrato com o Dnit que pudessem ajudar na campanha presidencial. O ex-diretor do Dnit relatou que mostrou a Filippi uma lista de 369 empresas que tinham contrato com o órgão na época. O tesoureiro pediu, então, que Pagot escolhece de 30 a 40 empresas para que contribuíssem com a campanha presidencial. “Não se preocupe com as maiores, que isso é assunto do comando da campanha, mas se você puder procurar umas 30, 40, peça para fazer doação na conta de campanha”, relatou Pagot sobre o que ouviu de Filippi. O ex-diretor do Dnit garantiu que todos os repasses foram feitos de forma legal.

Pagot diz que pediu doações para campanha de Dilma
Demóstenes pediu favorecimentos à Delta, diz Pagot
Pagot nega conivência com corrupção no Dnit e acusa Delta

Saiba mais sobre o Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!