Henrique quer promulgar PEC do Voto Aberto aprovada no Senado

Versão aprovada pelos senadores ontem prevê o fim do voto secreto para casos de cassação e análise de vetos. Câmara havia aprovado abertura para todos os tipos de votação

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), disse nesta manhã que vai conversar com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), sobre a possibilidade de o Congresso Nacional promulgar a PEC do Voto Aberto da forma como foi aprovada no Senado.

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 349/01, a chamada PEC do Voto Aberto, aprovada ontem pelos senadores prevê o fim do voto secreto para processos de cassação de parlamentares e exame dos vetos presidenciais. Nas escolhas de autoridades o voto permaneceria secreto.

Já o texto aprovado anteriormente na Câmara previa o voto aberto em todos os casos. “Vou conversar com o senador Renan para ver se pelo menos a parte aprovada lá e aqui, em relação a vetos e cassação, a gente possa promulgar logo, deixando as outras matérias para posterior deliberação.”

Henrique Alves disse que a promulgação da PEC do Voto Aberto, da maneira como foi aprovada no Senado, já o tranquiliza nas próximas votações na Câmara de perda de mandato. É o caso dos deputados condenados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) na ação penal do Mensalão. Henrique Alves havia firmado posição de não colocar em votação nenhum processo desse tipo enquanto a PEC do Voto Aberto não fosse aprovada.

Leia mais sobre a PEC do Voto Aberto

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!