Guido Mantega é hostilizado no Albert Einstein: “Vai para o SUS”

Frequentadores de lanchonete do hospital, um dos mais caros e renomados do país, insultaram o ex-ministro da Fazenda, que deixou o local sob constrangimento

O ex-ministro da Fazenda Guido Mantega deixou uma lanchonete do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, após ser hostilizado por frequentadores da instituição, uma das mais caras e renomadas do país. “Não tem vergonha na cara?”, indagou um dos pacientes do Einstein. “Safado”, disse outro. "Vai para o SUS", provocou um terceiro. Presidente do Conselho de Administração da Petrobras, o ex-ministro acompanhava a esposa, que faz tratamento no hospital. As imagens, registradas na última quinta-feira (19), foram publicadas na internet.

Veja o vídeo:

Em nota à imprensa, a direção do Albert Einstein criticou os insultos dirigidos a Mantega e disse que a instituição “recebe igualmente a todos, pacientes ou não, rechaça qualquer atitude de intolerância e lamenta o fato ocorrido em seu ambiente”.

Esta não é a primeira vez que Guido Mantega deixa um ambiente público após ser insultado na capital paulista. Em 20 de dezembro, ele deixou as dependências de um bar na Vila Madalena, aos gritos de “vai embora, seu ladrão”, “chefe de quadrilha” e “explica aquele dinheiro que vocês fizeram sumir”.

Mais sobre Guido Mantega

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!