Governo Dilma foi “sabotado pela elite empresarial e política”, diz senador petista

Humberto Costa (PE) criticou quem votará a favor do impeachment. Segundo ele, vão "entregar o Brasil a um usurpador"

O senador Humberto Costa (PT-PE) chamou o impeachment de "farsa política" e afirmou que o governo Dilma foi "sabotado pela elite empresarial e política". Humberto foi o 20º senador a discursar no plenário da Casa antes do julgamento final da presidente afastada. "Não podemos condenar Dilma por crimes que ela não cometeu", disse. Por fim, o senador afirmou que quem votar a favor do impeachment vai "entregar o Brasil a um usurpador".

O senador é investigado no Inquérito 3985, por lavagem de dinheiro e corrupção passiva, da Lava Jato. De acordo com o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, Humberto Costa recebeu R$ 1 milhão para a campanha ao Senado em 2010. “O inquérito aberto resulta de informações inverídicas prestadas em delação premiada por um réu confesso. Dadas as fragilidades jurídicas e conflitos de versões que contém, o inquérito está sendo devidamente contestado pelos advogados do senador”, disse a assessoria.

Mais sobre o impeachment

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!