Governo Dilma está pagando seus pecados, diz FHC sobre ajuste fiscal

Em palestra a estudantes de Brasília, ex-presidente afirmou que o país vive um processo de falta de liderança

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC) criticou a gestão Dilma Rousseff (PT) e afirmou que os cortes no orçamento, que chegaram à aproximadamente R$ 70 bi, foram consequência de uma série de erros do governo petista na condução da política econômica.

“O Brasil foi tão mal governado nos últimos anos que o corte é consequência disso. A situação fiscal é de tal maneira difícil e foi consequência de erros dos governos que agora esse próprio governo está pagando seus pecados", disse FHC a jornalistas após participar de um evento com estudantes de uma faculdade privada de Brasília.

Durante sua palestra, FHC disse que o ex-presidente Lula também errou ao exagerar na concessão de crédito como estímulo da economia interna. “Se você aperta o acelerador quando tem que frear, arrebenta mais adiante. Fizemos isso várias vezes em nossa história e não aprendemos. Espero que agora tenhamos aprendido. Há momentos em que não dá para continuar. Freia, espera, pra retomar mais adiante", analisou.

Além disso, o ex-presidente tucano disse que o Brasil vive um momento de “falta de liderança”. “Para fazer qualquer coisa, precisa de liderança. Ninguém muda nada sem liderança e o Congresso percebe isso logo, quem lidera e quem não lidera. E quando o presidente não lidera, o Congresso ocupa espaço”, argumento Fernando Henrique.

 

Saiba mais sobre cortes no orçamento

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!