Genoino passa por avaliação médica que definirá seu futuro

Com base em perícia feita por médicos do Hospital Universitário de Brasília, Justiça vai decidir se ex-deputado continua em prisão domiciliar ou volta para a Papuda

Durou aproximadamente 1 hora e 30 minutos a nova perícia médica do ex-deputado José Genoino, condenado a quatro anos e oito meses de prisão na Ação Penal 470, o processo do mensalão. Ele chegou por volta da 14h07 ao Instituto de Cardiologia do Distrito Federal (ICDF) acompanhado da mulher, do filho e de uma assessora.  Genoino deixou a unidade hospitalar sem falar com a imprensa, que foi mantida a distância pela segurança.

A perícia não foi feita pelo instituto, mas sim por uma junta médica do Hospital Universitário de Brasília (HUB) que usou as instalações e os equipamentos. Constou de avaliação física, pois os exames laboratoriais já tinham sido feitos, informou o ICDF, que não deu mais detalhes dos procedimentos.

Com base no resultado da perícia, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, vai decidir se Genoino continuará em prisão domiciliar ou retornará ao Presídio da Papuda, no Distrito Federal.

Leia mais sobre o mensalão

Nosso jornalismo precisa da sua assinatura

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!