Fraga propõe greve de policiais nas Olimpíadas

Durante solenidade com militares, deputado federal Alberto Fraga (DEM-DF) sugeriu que a categoria faça greve "de um ou dois dias" durante o período dos jogos para pressionar o governo

O deputado Alberto Fraga (DEM-DF) propôs, durante solenidade com militares, que os policiais façam greve "de um ou dois dias" durante o período das Olimpíadas para pressionar o governo do Distrito Federal por aumento salarial e melhorias nos benefícios da categoria. Atualmente, o DF tem 7,8 mil bombeiros militares e 13,6 mil policiais militares. Eles querem reajuste de 27,9% nos vencimentos mensais além da ampliação da abrangência no plano de saúde das corporações.

“Independente de qualquer coisa que a gente possa deixar a sociedade apavorada, nós podemos anunciar um dia de não comparecimento ao quartel (sic). A maioria aqui já está bem idoso, já está bem crescido. Alguém aqui terá qualquer dia de problema se, no dia 4 de julho, 5 de julho, e se, no dia da Olimpíada, a gente não for trabalhar?”, afirmou o deputado em reunião pública na Câmara dos Deputados, em 20 de junho. Fraga é tenente-coronel da reserva da Polícia Militar do DF e considerado o principal representante da categoria na Casa.

Após a divulgação do vídeo pela imprensa, Fraga afirmou que "não retira nada do que disse" e ressaltou que o evento era aberto ao público, inclusive aos jornalistas. O deputado ainda protestou contra as condições de trabalho dos policiais e disse que se até 4 de julho não tiver um encaminhamento por parte do governador Rodrigo Rollemberg em relação ao reajuste salarial para os policiais, encabeçará um movimento de paralisação no período dos Jogos Olímpicos.

O governador Rodrigo Rollemberg considerou "lamentável que uma autoridade pública esteja incitando uma ação sabidamente ilegal [greve da PM]". Em nota, o comando da Polícia Militar disse que está preparado para trabalhar durante as Olimpíadas e descartou o indicativo de greve. Os jogos acontecerão entre os dias 5 e 21 de agosto. Brasília é uma das seis cidades a sediar partidas de futebol – sete partidas do masculino, incluindo as duas primeiras competições da seleção brasileira, e três jogos de times femininos.

Mais sobre Brasília

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!