Força Sindical trará manifestantes pró-impeachment a Brasília

Central do Solidariedade paga ônibus e passagens de avião para militantes pressionarem Congresso pela saída de Dilma

A Força Sindical, central de trabalhadores ligada ao partido Solidariedade e presidida pelo deputado Paulo Pereira da Silva (SP), pretende levar à Brasília 10 mil militantes para protestar contra o governo e a favor da aprovação do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff, cujo rito de votação será concluído neste domingo (17) pela Câmara. Os sindicalistas receberão passagens de avião ou serão levados de ônibus ao Congresso, além de receberem ajuda para alimentação.

A central, que faz oposição ao governo petista desde 2003, também vai tentar mobilizar manifestantes contra o governo nas cidades do entorno de Brasília. Para tanto, enviou vários caminhões de som, que também servem de palanque, para convocar a população da periferia da capital a se engajar na campanha para derrubar a petista.

A Força Sindical é a principal central de oposição, rivalizando com a Central Única dos Trabalhadores (CUT), governista, em poder de mobilização. Liderada pelo deputado “Paulinho da Força” – ex-aliado de Lula e, atualmente, um dos mais fiéis defensores do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) –, a entidades participa dos protestos contra o governo desde 2013.

Mais sobre impeachment

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!