Filho do ex-deputado Flávio Dino morre em Brasília

Marcelo Dino Fonsêca, 13 anos, teve uma parada cardiorespiratória após uma crise de asma. Ele estava internado desde ontem em um hospital em Brasília. Atualmente presidente da Embratur, Dino registrou boletim de ocorrência na polícia

Marcelo Dino Fonsêca, 13 anos, filho do ex-deputado e presidente da Embratur Flávio Dino, morreu na madrugada desta terça-feira (14), em Brasília, vítima de uma parada cardiorespiratória decorrente de uma crise de asma. Ele estava internado desde a manhã de ontem no Hospital Santa Lúcia, na capital federal.

Leia outras notícias de destaque hoje no Congresso em Foco

Flávio Dino registrou boletim de ocorrência na 1ª Delegacia de Polícia, responsável pela área onde o hospital está localizado. De acordo com familiares, houve demora para  aplicar a medicação no adolescente. Por conta disso, a morte de Marcelo será investigada pela Polícia Civil. Por enquanto, não há pessoas indiciadas.

Marcelo era filho de Flávio Dino e da professora da Universidade de Brasília (UnB) Adriana Fonseca, ex-mulher do presidente da Embratur. O casal teve outro filho, Vinícius, que está com 17 anos.

Flávio Dino é advogado, ex-juiz federal e professor de direito. Em 2006 foi eleito deputado federal pelo Maranhão, exercendo seu mandato até 2011. Foi candidato a prefeito de São Luís em 2008 e a governador do Maranhão em 2010.

O velório de Marcelo Dino será a partir das 19h de hoje (14) na capela 10 do Cemitério Campo da Esperança, em Brasília. O sepultamento será amanhã (15) às 10h.

Saiba mais sobre o Congresso em Foco (2 minutos em vídeo)

Nota atualizada às 18h06

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!