Febrafite entrega prêmio a escolas e instituições que promovem educação fiscal

Presente à cerimônia de premiação, o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, defendeu que a educação fiscal seja ensinada nas escolas desde os primeiros anos para criar vínculos de cidadania

Com a presença do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, entre outras autoridades, a Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite), em parceria com a Escola de Administração Fazendária (Esaf), homenageou os projetos vencedores do Prêmio Nacional de Educação Fiscal 2015, na última terça-feira (25), em Brasília. Em seu discurso, o ministro defendeu que a educação fiscal seja aplicada desde cedo para criar vínculos de cidadania e formar bons cidadãos. Na ocasião, como mostrou o Congresso em Foco, Levy também cobrou "clareza" do governo e do Congresso na definição de uma estratégia fiscal para o país.

Mais de 500 projetos foram inscritos nas quatro edições do prêmio, lançado em 2012. Só este ano foram mais de 100 projetos. “Neste momento crucial para o país, em que o setor público vive uma grave crise fiscal, o Fisco brasileiro é o ator principal para reverter este quadro, porque a receita pública, especialmente a tributária, demanda um rigoroso controle fiscal e um eficiente combate à sonegação”, discursou o presidente da Febrafite, Roberto Kupski.

O prêmio, que destaca boas iniciativas na área da educação fiscal, é dividido em duas categorias (Escolas e Instituições). Veja a lista dos vencedores:

Escolas

1º lugar - Projeto Gentileza Gera Gentileza e Cidadania, da Escola Municipal Rosália Andrade da Glória, de Congonhas (MG). Prêmio: R$ 15 mil

2º lugar - Educação Fiscal: Cidadania e Diversão, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Professor Antônio de Sousa Pedroso – Indígena Borari, de Santarém (PA). Prêmio: R$ 10 mil

3º lugar - Educação para Cidadania Fiscal, de Aparecida de Goiânia (GO), do Colégio da Polícia Militar Nader Alves dos Santos. Prêmio: R$ 5 mil

Instituições

1º lugar - Programa Conciliar é Uma Atitude (Conciliação Fiscal Integrada), da Vara de Execução Fiscal do Distrito Federal (TJDFT). Prêmio: R$ 15 mil

2º lugar - Projeto Conscientizar para Preservar o Mundo - Lições de Cidadania, da Prefeitura da Estância Turística de Avaré (Secretaria Municipal de Educação). Prêmio: R$ 10 mil

O prêmio teve apoio institucional do Congresso em Foco.

Mais sobre educação fiscal

Mais sobre Febrafite

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!