Fábio Faria (PSD-RN)

O que há contra o deputado no Supremo

Foi investigado no Inquérito 3941 por crimes eleitorais. “Trata-se de erro formal do comitê eleitoral na prestação de contas referente à eleição de 2010. As contas foram aprovadas pelo TRE do Rio Grande do Norte, por unanimidade e com parecer favorável do MPF”, disse o deputado. A investigação foi arquivada no dia 5 de novembro de 2015.

Veja a íntegra da nota do deputado:

"Trata-se de erro formal do comitê eleitoral na prestação de contas referente à Eleição de 2010, onde houve uma doação estimada de R$ 2.000,00, decorrente da cessão de um automóvel Gol por dois meses. Foram prestadas todas as informações desde 13/05/2015, com base e no fato jurídico desta prestação de contas ter sido aprovada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte, por unanimidade e com parecer favorável do Ministério Público Federal."

Mais sobre processos

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!