Eunício derrota Lula e irmãos Gomes em disputa no interior do Ceará

PMDB vence na pequena Lavras da Mangabeira, onde petistas pretendiam dar o troco ao apoio dado pelo senador ao impeachment de Dilma

Líder do PMDB e tido como favorito para suceder Renan Calheiros (PMDB-AL) na presidência do Senado, o senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) ganhou uma batalha particular de grande significado simbólico.

O cenário do confronto foi a pequena Lavras da Mangabeira, município de pouco mais de 30 mil habitantes situado a 434 km de Fortaleza. Terra natal de Eunício, era ali, em pleno semiárido nordestino, que os ex-governadores Cid e Ciro Gomes, o PT e o ex-presidente Lula se empenharam para derrotá-lo. Os irmãos Gomes, por uma rivalidade que vem de longe. Lula e petistas, pela irritação com o comportamento do senador durante o processo que resultou no impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

A mais de uma pessoa Lula manifestou estranheza em relação ao afastamento do líder peemedebista, que foi ministro das Comunicações durante o seu primeiro mandato presidencial e com o qual sempre cultivou boas relações. Em campanha na cidade, Cid Gomes acusou o senador de trair Dilma, apesar do apoio que ela teria dado ao Ceará e a Lavras.

Colocado diante dessas críticas, Eunício costuma contemporizar, reiterando sua admiração por Lula, mas observando que sua ligação com o presidente Michel Temer é conhecida e bem mais antiga.

Para enfrentar o atual prefeito de Lavras da Mangabeira, Dr. Tavinho (PDT), apoiado por seus adversários locais e nacionais, o senador escolheu o médico Ildsser Oliveira (PMDB), 41 anos. Hoje, com 9.938 votos (53,6% do total de votos válidos), Ildsser ganhou a parada. Dr. Tavinho teve 7.339 votos (39,6% do total).

Na eleição cearense, Lula amargou outra derrota pessoal. Chegou a ir a Fortaleza pedir votos para a atual deputada federal e ex-prefeita Luizianne Lins (PT). Com 15% dos votos, ela nem chegou ao segundo turno. A disputa colocará outra vez em polos opostos os Gomes, aliados do prefeito Roberto Cláudio (PDT), e Eunício, que apoia Capitão Wagner (PR), contando com o respaldo do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE).

Veja os resultados das eleições em todo o país

Mais sobre eleições

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!