Em vídeo, um sobrevoo no ato por eleições diretas em Copacabana

Milhares de pessoas também entoaram o coro de “fora, Temer” em manifestação organizada por artistas, músicos, políticos, sindicalistas e movimentos sociais

 

Artistas, músicos, políticos, sindicalistas e movimentos sociais levaram milhares de pessoas à Praia de Copacabana, neste domingo (28), em manifestação pela realização de eleições diretas e pela saída de Michel Temer da Presidência da República. Organizado pelas frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, com apoio de sindicais como a Central Única dos Trabalhadores (CUT), o protesto foi palco de shows de Caetano Veloso, Milton Nascimento, Mano Brown, Criolo e Maria Gadú, entre outros nomes da MPB.

No vídeo abaixo, veiculado na página do coletivo jornalístico Mídia Ninja, vê-se o famoso cartão postal carioca imerso em uma neblina que, em grande parte do dia, interrompeu as atividades em aeroportos do Rio de Janeiro. Veja o sobrevoo da câmera operada por meio de um drone, que finaliza o registro focalizando Caetano em plena performance.

 

 

Suprapartidário, o ato reuniu parlamentares e demais membros de partidos alinhados à chamada esquerda ideológica, a exemplo de PSB, Psol, Rede e PT. Em um carro do som estacionado na Avenida Atlântica, atores como Osmar Prado, Daniel de Oliveira, Sophie Charlotte e Renato Góes apoiavam o protesto. Wagner Moura, espécie de porta-voz do movimento Diretas Já versão 2017, fez discursos e exortou a plateia a gritar “fora, Temer”. Como este site mostrou na última sexta-feira (26), ele e diversos outros atores conclamaram a população a aderir à manifestação.

Leia:
Vídeo: artistas pedem eleições diretas e convocam manifestantes para shows em Copacabana

A Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro não tem calculado a quantidade de pessoas em manifestações políticas. Já os organizadores do evento divergem sobre o número de manifestantes – nas redes e no Congresso, parlamentares que foram ao ato, como Lindbergh Farias (PT-RS) e Alessandro Molon (Rede-RJ), além do deputado estadual fluminense Marcelo Freixo (Psol), falam em até 150 mil pessoas.

Mídia Ninja
Homens do Batalhão de Policiamento em Grandes Eventos do Rio de Janeiro reforçaram a segurança no entorno do evento, que teve início por volta das 11h e terminou pouco depois das 19h. Devido à multidão, o trânsito da Avenida Atlântica foi desviado para a Avenida Nossa Senhora de Copacabana.

 

Leia também:
Caetano, Criolo, Mart’nália e outros cantam pelo fora Temer no domingo em Copacabana

Mais sobre o Brasil nas ruas

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!