Em vídeo, Chico Buarque apoia Frente Nacional Contra a Censura: “Movimentos se valem de práticas fascistas”

 

O artista Chico Buarque divulgou vídeo neste fim de semana para saudar a criação da Frente Nacional Contra a Censura (FNCC), mobilização que será formalizada em ato na próxima terça-feira (21), no Palácio das Artes, em Belo Horizonte (MG). Como o próprio compositor diz (veja no vídeo abaixo), trata-se de uma reação à onda de conservadorismo crescente no Brasil e que, diante de manifestações artísticas, tem atentado contra a liberdade de expressão e demais direitos individuais e coletivos.

"Eu venho aqui saudar a criação da Frente Nacional contra a Censura. É necessário que artistas, que brasileiros esclarecidos em geral se manifestem enquanto é tempo contra a escalada desses movimentos que se dizem conservadores – mas que, na verdade, se valem de práticas fascistas, de intimidação e de violência, nas ruas e nas redes sociais, contra a liberdade de expressão", diz Chico, em recado direto de menos de 30 segundos. Além do autor de "Mulheres de Atenas", nomes como Caetano Veloso e Fernanda Montenegro também têm sofrido os efeitos da intolerância e se engajado em campanhas contra ações repressivas.

<< Fernanda Montenegro faz apelo a políticos contra censura: “Saiam do silêncio acovardado”

<< Artistas vão à Justiça contra políticos e grupos que os associaram à pedofilia e à zoofilia

 

Assista ao vídeo:

 

Como diz sua página no Facebook, a FNCC foi concebida como instrumento de "combate à censura e em defesa das arte e da liberdade de expressão". O ato em Belo Horizonte marcará o levante contra a ofensiva, por vezes violenta, de grupos e movimentos autointitulados de direita e extrema direita sobre obras e performances como o Queermuseu - Cartografias da Diferença na Arte Brasileira, que levou ao cancelamento em Porto Alegre (RS) e à proibição de exibição em algumas cidades, como Rio de Janeiro, por imposição do prefeito Marcelo Crivella (veja fotos).

A ação dos grupos ditos conservadores ganha desdobramentos no Congresso. O curador da mostra, por exemplo, o gaúcho Gaudêncio Fidélis, será levado à CPI dos Maus Tratos, em condução coercitiva, para falar sobre o assunto, que tem gerado polêmicas há semanas, dentro e fora das redes sociais. Parlamentares protestaram contra a ação da comissão de inquérito no Supremo Tribunal Federal, mas o ministro Alexandre de Moraes negou, na última sexta-feira (17), o habeas corpus pedido por Gaudêncio para evitar o depoimento coercitivo.

<< Deputados evangélicos inspecionam mostra sobre ditadura, e não encontram o que censurar

Recentemente, grupos conservadores se voltaram contra a exibição da peça teatral “O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu”, programada para ficar em cartaz na Pinacoteca Rubem Berta, na capital gaúcha, entre os dias 21 e 22 de setembro. A exibição da obra chegou a ser ameaçada de interrupção, mas o juiz José Antônio Coitinho, da 2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Porto Alegre, em decisão liminar, garantiu a continuidade da peça.

<< Juiz autoriza peça que mostra Jesus como travesti: “No popular, diríamos, irá quem quiser ver”

Recentemente, a Frente Nacional Contra a Censura divulgou o seguinte texto: "Passando por cima de direitos democráticos elementares, a onda obscurantista que assola o país vem condenando exposições, peças de teatro, apresentações de dança, shows e outras atividades artísticas e culturais e promove retrocessos em vários aspectos da vida nacional. Tal movimento visa controlar e cercear as liberdades de pensamento, de criação e manifestação artística legítimas de nosso povo. Seguindo esse caminho de resistência, entidades da sociedade civil, intelectuais, artistas, personalidades e ativistas de diversas áreas e segmentos democráticos em âmbito nacional estão articulando uma – Frente Nacional Contra a Censura – a ser lançada formalmente no dia 21 de novembro, no Palácio das Artes".

 

<< Santander, caso Lüth e Jesus Cristo: a arte de atacar democraticamente

<< Por que a bandeira LGBT também é nossa bandeira

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!