Em Palmas, Amastha é o primeiro prefeito de capital eleito

Primeira capital a encerrar a apuração dos votos, a capital do Tocantins elege colombiano para prefeitura

O empresário colombiano naturalizado brasileiro, Carlos Amastha foi eleito prefeito de Palmas com 49,6% votos válidos. A apuração terminou por volta das 18:20. Dessa forma, a cidade foi a primeira capital brasileira a conhecer seu prefeito. Com menos de 200 mil eleitores, na capital do Tocantins não há segundo turno.

Na disputa, Marcelo Lelis (PV) ficou em segundo lugar com 43,2%, e em terceiro, Luana Ribeiro (PR), com 4,8%.

Amastha é o primeiro estrangeiro a assumir o comando de uma cidade no país. Ele esteve envolvido na operação da Polícia Federal Moeda Verde, que investigou empresários que compravam licenças ambientais. Embora investigado, ele foi o delator do processo. Amastha recebeu mais de 55,7 mil votos na cidade.

O novo prefeito levou como bandeira para sua campanha a regularização de áreas jå ocupadas, além da promessa de reordenar a acupação dos espaços vazios da capital. Seu plano de governo também prevê a revitalização de atrativos turísticos da cidade, da marina pública e incentivo à expansão da rede hoteleira.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!