Em balanço da Copa, Dilma diz que Brasil derrotou “previsões pessimistas”

Governo federal divulgou balanço da Copa. Mais de um milhão de turistas estrangeiros visitaram o Brasil durante o Mundial. E 3,4 milhões de torcedores assistiram aos jogos nos estádios

Um dia após o encerramento da Copa do Mundo, a presidenta da República Dilma Rousseff (PT) afirmou nesta segunda-feira (14) que o Brasil “derrotou as previsões pessimistas" e conseguiu realizar a “Copa das Copas”. O governo federal apresentou hoje um balanço do Mundial da Federação Internacional de Futebol (Fifa).

Dilma disse que organizar a Copa “foi uma árdua conquista” para o governo. Segundo ela, o país demonstrou que tem condições de garantir infraestrutura, segurança e tratamento adequado a turistas, seleções e chefes de Estado. Ela criticou os prognósticos pessimistas sobre a Copa de quem avaliava que estádios, aeroportos e outras obras de infraestrutura não ficariam prontos.

"Nós vivemos nesses dias uma festa fantástica. Mais uma vez, o povo brasileiro revelou sua capacidade de bem receber. Os governos federal e estaduais, as prefeituras das cidades-sedes e os torcedores asseguraram uma festa que é, sem dúvida, uma das mais bonitas do mundo”, comentou Dilma.

De acordo com o balanço divulgado pelo governo, 1.015.035 turistas estrangeiros, de 202 países, estiveram no Brasil durante o torneio. No período da competição, três milhões de turistas brasileiros viajaram pelo país.

No total, 16,7 milhões de passageiros voaram dentro do território nacional durante a Copa, de 10 de junho a 13 de julho. E 3,4 milhões de torcedores assistiram aos jogos nos estádios. Passaram pelas Fan Fests -- estruturas criadas nas cidades-sede para acomodar quem não tinha ingressos para os estádios -- 5,1 milhões de pessoas.

Mais sobre Copa do Mundo

Assine a Revista Congresso em Foco em versão digital ou impressa

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!