Eleição: 84% dos parlamentares concorrem em outubro

Ao todo, 479 deputados e 38 senadores disputam algum mandato eletivo este ano. Entre eles, 400 tentam a reeleição. Veja a relação completa das candidaturas

 

Eduardo Militão e Hícaro Teixeira

Oito em cada dez parlamentares estão em busca de votos para se reeleger ou alcançar outro cargo público. Levantamento do Congresso em Foco mostra que 517 congressistas disputam o voto do eleitor em outubro. São 479 deputados e 38 senadores de olho na reeleição ou em outros voos. O elevado percentual (84%) ajuda a entender a paralisia do Congresso desde o início da Copa do Mundo, em junho, data que coincidiu com o início do período eleitoral. Desde então, Câmara e Senado vivem o chamado “recesso branco”, com escassas votações.

De acordo com a pesquisa feita na base de dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 400 parlamentares buscam a reeleição: 389 na Câmara e 11 no Senado. Outros 117 políticos tentam trocar uma Casa pela outra ou buscam o cargo de deputado estadual, como os deputados federais Manuela D’Ávila (PCdoB-RS) e Abelardo Camarinha (PSB-SP). Alguns miram voos mais altos. Em seu 11º mandato consecutivo na Câmara, o presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), quer se tornar governador do Rio Grande do Norte. O senador Aécio Neves (PSDB-MG), presidente da República.

Veja a lista dos parlamentares candidatos e que cargo cada um busca

Campanha alheia

Um grupo de 95 congressistas não quer saber de voto, ao menos para si. Decidiram não concorrer 52 deputados e 43 senadores. Isso não quer dizer que não estejam envolvidos em campanha, às vezes na própria família. O presidente do Congresso, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), quer fazer seu filho, o deputado Renan Filho, governador de Alagoas. O senador ainda tem mais quatro anos de mandato pelo Senado e, pelas regras da Casa, pode se candidatar a presidente do Legislativo de novo em 1º de fevereiro.

Já o deputado Newton Cardoso (PMDB-MG) vai encerrar o mandato e voltar para casa. Mas faz campanha para o filho, Newton Júnior (PMDB-MG), ocupar sua cadeira na Câmara.

Renovação parcial

Nestas eleições, apenas um terço das vagas do Senado está em disputa. Isso talvez explique porque o número de senadores que resolveram não se candidatar a nada é maior do que o de deputados. Na Casa do “salão azul”, 43 – de seus 81 integrantes – não concorrem às eleições. Dos 38 senadores que correm atrás do voto do eleitor, 27 almejam mandato de deputado federal, estadual, governador ou presidente.

O mandato de oito anos permite que, em dado momento, eles se “arrisquem” numa eleição sem problema de perderem a vaga na Casa. Estão nessa situação Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), que concorre a governador do Distrito Federal, e Ana Amélia Lemos (PP-RS), que postula o governo do Rio Grande do Sul. Ambos encerram seus mandatos no Senado só em janeiro de 2019.

Lista: deputados e senadores que concorrem nestas eleições

Mais sobre eleições

Assine a Revista Congresso em Foco em versão digital ou impressa

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!