Eduardo Cunha: PMDB é contra regulação da mídia

Líder do partido e candidato à presidência da Câmara disse que a legenda não aceita “nem discutir o assunto”. Proposta foi anunciada ontem pelo ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini

Líder do PMDB e candidato à presidência da Câmara, Eduardo Cunha (RJ) afirmou que o seu partido é contra e que nem aceita “discutir o assunto” da regulação econômica da mídia. A declaração, feita pelo Twitter, foi em resposta ao anúncio feito ontem (2) pelo ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, que a pasta começará a traçar uma proposta para o setor.

“É importante abrirmos um debate muito fraterno, muito transparente para que a população brasileira, suas representações empresariais, sindicais, sociais, possam debater com muita profundidade e muita democracia o que significam as comunicações geral no Brasil, especialmente as comunicações que são objeto de concessão pública”, disse Berzoini ontem.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!