Duvivier incentiva voto contra Eduardo Bolsonaro

Em seu perfil no Facebook, humorista considera "perigoso" deputado ter disparado na liderança do Prêmio Congresso em Foco e estimula seus mais de 550 mil seguidores a votarem em parlamentares do Psol

Luma Poletti

O ator e comediante Gregório Duvivier entrou na disputa do Prêmio Congresso em Foco 2015. Não como candidato, naturalmente, já que só podem ser votados parlamentares da atual legislatura (iniciada em fevereiro) que não respondem a ações penais ou a inquéritos criminais no Supremo Tribunal Federal (STF). Mas usando o peso da sua influência para estimular seus seguidores nas redes digitais a tirarem o deputado Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) - filho de Jair Bolsonaro (PP-RJ) - da liderança da votação.

"Urgente. Vote aqui no parlamentar do ano. Tá perigoso. Bolsando disparou na frente graças à militância neo-nazi. Não podemos deixar isso acontecer. Tem muita gente boa. Jean Willys, Chico Alencar, Ivan Valente. Vota lá", publicou Gregório Duvivier em seu perfil no Facebook, que é seguido por mais de 550 mil pessoas. .

O post teve mais de 600 compartilhamentos e mais de 6 mil curtidas. Muitos questionaram o uso da expressão "neo-nazi" para classificar os que votaram em Eduardo Bolsonaro para o prêmio e outros discordaram da indicação do nome do deputado Jean Wyllys para a votação. Duvivier saiu em defesa do deputado fluminense.

"Jean Wyllys é um dos parlamentares mais atuantes, influentes e presentes da Câmara. Tanto é que já ganhou duas vezes o Prêmio Congresso em Foco na categoria [Melhor] Deputado. Sua atuação na Câmara é irrepreensível. Concordo com todas as suas lutas: descriminalização das drogas, casamento igualitário, políticas afirmativas, equidade de gênero", escreveu o humorista.

Alguns usuários do Facebook o ameaçaram com processos. "Tá preparado para levar um processo, Duvivier? Votei no Eduardo Bolsonaro e não sou 'neo-nazi'. Você terá que provar isso em juízo. Prepare-se para uma ação coletiva", advertiu um deles.

Na mais recente parcial divulgada dos resultados da votação via internet, Eduardo Bolsonaro aparece como o mais votado na categoria Melhores Deputados e nas cinco categorias especiais. Já Ronaldo Caiado (DEM-GO) está na dianteira na categoria Melhores Senadores.

A votação para o Prêmio Congresso em Foco vai até o dia 20. Serão premiados os 20 deputados e os dez senadores mais votados, nas duas categorias gerais (Melhores Deputados e Melhores Senadores), e os cinco parlamentares com maior número de votos em cada uma das categorias especiais. São elas:
Parlamentares de Futuro, que é oferecida pela Ambev e na qual a disputa se dá exclusivamente entre deputados e senadores com menos de 45 anos de idade;
Defesa da Cidadania e da Justiça Social, que é apoiada pela Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais (Anadef) e pelo Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional (Sinprofaz);

Defesa da Agropecuária, que tem o apoio do Sindicato Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical);

Combate à Corrupção e ao Crime Organizado, categoria apoiada pela Associação dos Peritos Criminais Federais (APCF); e

Profissionalização da Gestão Pública, oferecida pelas quatro entidades que integram o Ciclo de Gestão do Poder Executivo Federal – Associação Nacional dos Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental (Anesp), Associação dos Analistas de Comércio Exterior (AACE), Associação Nacional dos Servidores da Carreira de Planejamento e Orçamento (Assecor) e Associação dos Servidores do Ipea (Afipea);

Outras duas categorias de premiação destacarão os deputados e os senadores mais bem avaliados pelos jornalistas especializados na cobertura do Congresso Nacional. Nesse caso, a eleição foi realizada nesta semana, por meio de urnas itinerantes, com acompanhamento do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal. Os cinco deputados e os cinco senadores mais votados receberão o prêmio, respectivamente, da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip) e da Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (Anabb).

Patrocinado pela Ambev e pela Anabb, o Prêmio Congresso em Foco 2015 é apoiado pelas entidades citadas acima e pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e pela Associação Nacional dos Procuradores do Estado (Anape). Conta ainda com a parceria institucional do site Vote na Web, responsável pelo sistema de votação na internet, e do Sindicato dos Jornalistas do Distrito Federal.


Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!