Diminui diferença entre Dilma e Marina em eventual 2º turno, diz CNT/MDA

Pesquisa aponta empate técnico entre Dilma e Marina no segundo turno e mostra queda nas intenções de voto do tucano Aécio Neves

A presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, lidera a corrida presidencial em simulação de primeiro turno, com 38,1% das intenções de voto, e aparece atrás de Marina Silva (PSB) em cenário de segundo turno, com 42,7%. Os dados são de pesquisa divulgada nesta terça-feira (9) pela CNT (Confederação Nacional do Transporte) e realizada pelo instituto MDA.

As duas presidenciáveis cresceram em simulação de primeiro turno em relação à pesquisa anterior do MDA, divulgada no último dia 27. No entanto, o crescimento maior foi de Marina, que passou de 28,2% para 33,5%. Em eventual segundo turno, Marina venceria com 45,5% ante 42,7% da concorrente, uma margem menor do que a verificada anteriormente.

O candidato tucano Aécio Neves aparece na terceira colocação na disputa, oscilando de 16% para 14,7%.

Segundo turno

De acordo com a pesquisa, em eventual segundo turno, Marina leva vantagem, alcançando 45,5% das intenções de voto, ante 42,7% da petista. Em levantamento anterior, a pessebista tinha 43,7% e Dilma, 37,8%. A situação é de empate técnico.

A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança da pesquisa é de 95%. O instituto ouviu 2.002 eleitores entre os dias 5 e 7 de setembro e está registrada na Justiça eleitoral sob o número BR-00574/ 2014.

Desinteressante

Ainda segundo a pesquisa, 28,8% dos entrevistados disseram ter pouco interesse na eleição presidencial e 20,8%, nenhum interesse. O percentual dos que consideraram o governo comandado por Dilma ótimo é de 7,7%. Os que avaliaram como bom somam 29,8%; regular, 39%; ruim, 10,8%; e péssimo, 12,2%.

 

Mais sobre eleições 2014

Assine a Revista Congresso em Foco em versão digital ou impressa

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!