Dilma vota em 20 segundos e não revela escolha

Antes de registrar seu voto, a presidenta se reuniu com o presidente gaúcho Tarso Genro

A presidenta Dilma Rousseff não levou mais do que 20 segundos para fazer sua escolha de prefeito e vereador em Porto Alegre, onde está registrado seu título de eleitor. O voto foi computado na Escola Estadual Santos Dumont, zona sul da capital gaúcha, por volta das 9h30 – teria sido às 9h, mas a presidenta se reuniu antes com o governador do Rio Grande do Sul, o petista Tarso Genro, antes de ir à cabine de votação.

Sorridente, a petista não declarou em quem votou. Mas, se tiver exercido a fidelidade partidária, foi registrado mais um voto para Adão Villaverde (PT), que está em terceiro lugar nas pesquisas de intenção de voto em que Manuela D´Ávila (PCdoB) e José Fortunati (PDT), este na liderança, aparecem com mais chances de vitória.

“Vamos combinar, o voto é secreto. Eu sou presidenta, mas aqui estou exercendo a minha condição de cidadã”, esquivou-se Dilma, diante da abordagem da imprensa.

Mais informações no UOL

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!