Dilma tem votos para se livrar de impeachment

Presidente tem o apoio de 258 dos 513 deputados, 86 votos a mais do que os 172 de que precisa para fugir da cassação. Levantamento do jornal O Globo ouviu líderes de 17 partidos que, somados, têm 454 membros

A presidente Dilma se livraria com folga do processo de impeachment, se a votação ocorresse hoje. Dilma teria hoje o apoio de 258 dos 513 deputados, o que significa 86 votos a mais do que os 172 de que ela precisaria para continuar na presidência da República. As informações são do jornal O Globo, que ouviu, nesta quinta (3), os líderes dos 17 maiores partidos da Câmara.

Ainda segundo o jornal, a oposição teria 182 votos favoráveis à condenação. Os 17 partidos cujos líderes aceitaram falar somam 454 parlamentares.

Comissão

A proposta de impeachment, assinada pelos juristas Miguel Reale Júnior, Hélio Bicudo e Janaina Paschoal, foi aceita pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), nesta quarta (2). Na próxima semana, já deverá estar formada a comissão processante que irá analisar o pedido.

O Congresso ainda decidirá, também, se haverá o tradicional recesso parlamentar de final de ano ou se a comissão trabalhará durante o período.

Leia a matéria no site do jornal O Globo

Mais sobre impeachment

Continuar lendo