Dilma se encontrará com Temer e Lula para concluir reforma ministerial

O ex-presidente viajará para Brasília na quarta-feira (29). O objetivo dos encontros é chegar a um modelo de reforma administrativa que garanta ao governo apoio no Congresso

A partir desta terça-feira (29), a presidente Dilma Rousseff voltará a se encontrar com lideranças do PMDB e do PT para discutir a reforma ministerial e concluir as alterações que serão feitas para garantir apoio no Congresso Nacional. Além de se reunir com o vice-presidente Michel Temer, a petista também discutirá o assunto com o ex-presidente Lula, que irá a Brasília nesta quarta-feira (30) para auxiliá-la. As informações são da Folha de S.Paulo.

Segundo a reportagem, a cúpula do Planalto já enxerga como improvável que a reforma administrativa seja anunciada na quarta, conforme inicialmente previsto. Ainda defende que, antes de cumprir a promessa de cortar dez ministérios até o fim do mês, Dilma precisa pensar em como acomodar bem as distintas forças do PMDB nas pastas.

Com a presidente em Nova York na segunda-feira (28) para abertura da Assembleia Geral das Nações Unidas, a equipe da articulação política do governo iniciou uma busca pelo acordo com deputados peemedebistas. O ministro de Comunicações, Ricardo Berzoini, e o assessor Giles Azevedo procuraram os parlamentares para garantir que o compromisso de entregar dois ministérios à bancada do PMDB será cumprido.

Dilma prometeu ao líder do partido no Câmara, Leonardo Picciani (RJ), que a bancada ficará com indicação para um nome para a Saúde. Outra pasta, que seria na área de infraestrutura, ainda não está definida.

Confira matéria completa

Mais sobre reforma ministerial

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!