Dilma lidera punições no TSE entre os presidenciáveis

Das 23 sanções impostas pela Justiça eleitoral até segunda-feira, 17 foram aplicadas contra a petista, mostra levantamento

Das 23 punições impostas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aos presidenciáveis até a última segunda-feira (15), 17 foram aplicadas contra a candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT). A petista lidera, de longe, o ranking das decisões desfavoráveis da Justiça eleitoral. Aécio Neves (PSDB), com cinco, e Marina Silva (PSB), com uma, completam a lista dos candidatos à Presidência advertidos pelo TSE.

Os dados são de levantamento publicado nesta quarta-feira (17) pelo jornal O Globo.  As punições, todas em caráter liminar, se referem a abusos cometidos na propaganda eleitoral no rádio, na TV ou na internet e não geraram multa aos candidatos.  Apenas a suspensão ou correção de comerciais, panfletos e programas do horário eleitoral, destaca o jornal.

A pesquisa não leva em conta a decisão tomada ontem pelo TSE de determinar a retirada do ar do site “www.mudamais.com”, comandado pelo ex-ministro das Comunicações Franklin Martins. De acordo com a coligação de Marina Silva, o site vem sendo usado na campanha eleitoral de Dilma embora não esteja registrado na Justiça eleitoral como domínio de sua candidatura.

Dilma e Aécio são os que mais recorrem à Justiça eleitoral. A pedido dos tucanos, por exemplo, o TSE determinou a retirada do ar das imagens de uma visita que Dilma fez a um posto de saúde em Guarulhos (SP) para falar sobre o programa Mais Médicos. E também de uma peça de campanha em que a coligação da petista se referia aos tucanos como “desesperados”. Já Aécio foi punido por utilizar a hashtag #vempraurna, slogan usado este ano pela Justiça Eleitoral.

Marina, por sua vez, foi advertida por veicular um site pessoal como se fosse da campanha no horário eleitoral e por ter mencionado a Rede Sustentabilidade como se fosse um partido, informa O Globo (leia a íntegra da reportagem do jornal carioca).

Mais sobre eleições 2014

Assine a Revista Congresso em Foco

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!