Dilma libera R$ 819 milhões aos partidos políticos

No ano passado, os partidos brasileiros receberam R$ 867,56 milhões após o Congresso triplicar o valor inicialmente previsto na peça orçamentária

A presidente Dilma Rousseff sancionou, sem vetos, a Lei Orçamentária Anual (LOA) e garantiu repasse de R$ 819 milhões aos partidos políticos em 2016. Esse dinheiro público, que serve para sustentar a representação partidária no país, será repassados às legendas por meio do Fundo Partidário. Cada partido recebe de acordo com a proporção de suas bancadas na Câmara dos Deputados.

O valor deste ano é menor do que a quantia paga às siglas em 2015. No ano passado, os partidos brasileiros receberam R$ 867,56 milhões. Inicialmente, a peça orçamentária daquele ano reservou R$ 289,6 milhões para o funcionamento das representações partidárias. Entretanto, o valor foi triplicado pelo Congresso.

O Bolsa Família, principal programa social do governo, receberá R$ 28,1 bilhões neste ano. Em 2015, o valor repassado foi de R$ 27 bilhões.

Contudo, alguns indicadores presentes na LOA de 2016 sinalizam que a crise econômica está longe do fim. O Produto Interno Bruto (PIB) - soma das riquezas produzidas no país em um ano - deve cair 1,9% neste ano. Além disso, o governo espera uma  inflação de 6,47% para o período.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!