Dilma indica dois nomes para cadeiras no STJ

Nomes dos magistrados Antonio Saldanha Palheiro (TJ-RJ) e Joel Paciornik (TRF-4) foram publicados na edição desta sexta-feira do Diário Oficial

A presidenta Dilma Rousseff indicou nessa quinta-feira (25) os magistrados Antonio Saldanha Palheiro, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), e Joel Paciornik, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, para integrar o Superior Tribunal de Justiça (STJ). Os nomes foram publicados na edição de hoje (26) do Diário Oficial da União.

As indicações seguem para sabatina na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado Federal e, posteriormente, serão submetidos à votação no plenário da Casa. Aprovados, serão nomeados pela presidenta da República.

Antonio Saldanha Palheiro e Joel Paciornick vão substituir, respectivamente, os ministros aposentados Sidnei Beneti e Gilson Dipp.
De acordo com o STJ, ambos foram indicados após figurar em lista tríplice definida pelo Pleno do tribunal e encaminhada à presidenta Dilma. Com o preenchimento das duas vagas, a composição do tribunal ficará completa.

O STJ é composto por 33 ministros: um terço de magistrados oriundos dos tribunais regionais federais, um terço de desembargadores dos tribunais de justiça e um terço, em partes iguais, alternadamente, de advogados e membros do Ministério Público Federal, estadual e do Distrito Federal.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!