Dilma baixou o nível e Marina não quer debate, critica Aécio

Presidenciável tucano voltou a afirmar que Marina Silva critica o PT mas militou pelo partido. Citou que se solidariza com a candidata pessebista

O candidato do PSDB à presidência da República, senador Aécio Neves, criticou nesta sexta-feira (12) suas principais concorrentes ao Palácio do Planalto Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PSB). Segundo ele, a presidente, que é candidata à reeleição, baixou o nível do debate e Marina se esquiva de qualquer questionamento sobre suas ideias.

“Nós temos uma candidata que baixou o nível do debate, a do PT. E uma outra candidata que não quer o debate, que se ofende com a lembrança de que ela militou por mais de 20 anos no PT, o mesmo partido que ela acusa de fazer a velha política", disse Aécio.

O tucano afirmou ainda que se solidariza com Marina em relação às críticas que ela tem recebido da campanha petista, que a acusou de ser financiada por banqueiro e a comparou a Fernando Collor e a Jânio Quadros, ex-presidentes que sofriam com falta de apoio no Congresso e não concluíram seus mandatos.

“Eu me solidarizo com a candidata Marina em relação a essas críticas pessoais. Não vejo qualquer relação da história de Marina com ex-presidentes que não terminaram mandatos. Não entro nessa questão pessoal, esses ataques sobre quem financia a candidata do PSB, mas a discussão política é essencial”, disse Aécio, que passou a aparecer em terceiro lugar nas pesquisas de intenção de voto após  a entrada da pessebista no páreo.

 

Mais sobre eleições 2014

Assine a Revista Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!