Dilma: “Temos escutado e entendido as vozes das ruas”

Petista afirma que país não demoniza manifestações e voltou a defender investimento em mobilidade urbana e a contratação de médicos estrangeiros

A presidenta Dilma Rousseff afirmou nesta sábado (12) que seu governo está sensível às reivindicações populares. Ela ressaltou “que o Brasil é um dos únicos países em que manifestações não foram demonizadas e colocadas como um inimigo público número 1”. “Temos escutado e entendido as vozes das ruas e temos avançado. Para nós, há um resultado importante desse processo de pactuação”, disse a petista segundo a Agência Brasil.

Dilma está em Porto Alegre para anunciar investimentos em mobilidade urbana. Sobre o tema, ela ressaltou a importância de se investir em metrôs e lembrou da falta de investimento dos governos passados. “Nosso país, há 30, 40 anos, não investia em mobilidade de forma adequada, necessária e sistemática.”

Em relação à saúde, e petista agradeceu a Câmara pela aprovação da medida provisória que cria o programa Mais Médicos. A medida ainda será analisada no Senado. “Queremos que esse processo de entrada dos médicos se acelere e se faça para beneficiar a população que não tem acesso", destacou.

Para Dilma, a inflação está sob controle e a relação entre a dívida e o Produto Interno Bruto (PIB) é baixa em comparação a outros países. “Em agosto, [a relação dívida/PIB] estava em 33,4%, uma das menores do mundo. O endividamento é bastante baixo”, explicou, classificando de “situação confortável”a atual taxa de desemprego, de aproximadamente 5,3%.

Eleições

Pesquisa Datafolha divulgada hoje revela que Dilma seria reeleita no primeiro turno se disputasse a eleição contra os dois candidatos mais prováveis do PSDB e do PSB, o tucano Aécio Neves e o socialista Eduardo Campos.

Neste cenário, Dilma tem 42% das intenções de voto; Aécio, 21%; Campos, 15%. O levantamento também aponta que a petista ganharia em todas as simulações de 2º turno.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!