Deputados pedem viagem ao Azerbaijão para estudar formação de atletas

Missão incluiria Alemanha, mas deputado Valadares Filho disse que foi "erro" listar o país europeu no trajeto

Na mesma semana em que deputados da Comissão de Esporte aprovaram uma viagem para irem pessoalmente a Zurique, na Suíça, cobrar o cumprimento da Lei da Copa, também foi aprovado o envio de um grupo de parlamentares para o Azerbaijão, o Irã e a Alemanha. Mas a viagem foi cancelada dias depois. De acordo com o autor do requerimento, Valadares Filho (PSB-SE), o objetivo era conferir um programa de formação de atletas. Ele disse que a inclusão da Alemanha no pedido foi um “erro”.

O requerimento, aprovado no início do mês, diz que o motivo da missão, que seria realizada de 12 a 20 de abril, foi um convite do Ministério do Esporte. Segundo a justificativa apresentada por Valadares, o objetivo é “acompanhar o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, em reuniões para tratar de acordo de cooperação técnica na área do esporte entre o Brasil e os países visitados, com vistas ao desenvolvimento da prática esportiva em nosso país”.

A assessoria do Ministério afirmou que a proposta era "conhecer projetos esportivos dos dois países, levar informações sobre programas brasileiros" entre 12 e 19 de abril. Aldo Rebelo convidou deputados da comissão. Mas, na terça-feira (8), comunicou Valadares Filho ter cancelado a viagem por problemas de agenda.

Deputados querem lucro da Fifa para formar atletas

Mais sobre Copa do Mundo

Nosso jornalismo precisa da sua assinatura

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!